Marketing Preditivo: O Que é e Por Que é Importante?

Compartilhe esse artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Você deve estar se perguntando: O que é, afinal, Marketing Preditivo? Vamos te explicar isso e te mostrar exemplos sobre a aplicação dessa alternativa neste artigo.

O Que é Marketing Preditivo

Marketing Preditivo é, em suma, o uso da análise de dados para “prever” o comportamento futuro dos seus clientes.

Dessa forma, a equipe de Marketing consegue tomar decisões de forma mais precisa, identificando quais ações e estratégias têm maior probabilidade de dar certo.

Crescimento

O uso do Marketing Preditivo pode, certamente, trazer resultados positivos para as empresas.

De acordo com artigo da empresa Salesforce, as recomendações de inteligência preditiva influenciaram 26,34% do total de pedidos nas empresas que adotaram a alternativa.

E, quando analisados ​​em um período de 36 meses, esse número sobe para 34,71%.

O mesmo artigo ainda aponta que “91% dos principais profissionais de Marketing estão totalmente comprometidos ou já estão implementando o Marketing Preditivo”.

A Aplicação do Marketing Preditivo

Um exemplo de empresa que o aplica é a Amazon. A página inclui recomendações personalizadas para cada cliente.

Como fazem isso? Usando dados baseados nas compras anteriores desses usuários. A Amazon se baseia no que o cliente já comprou a fim de “prever” suas compras futuras.

E quanto mais um cliente ou potencial cliente compra produtos da empresa mais refinadas se tornam as recomendações.

Mas, claro, isso é só uma possibilidade do Marketing Preditivo.

A própria Amazon utiliza questões bem mais complexas.

Por exemplo, a empresa também analisa questões como as seguintes: em que produtos seus clientes já clicaram no passado? Quanto tempo o usuário ficou na página do produto?

Com base nisso, é possível saber sobre o interesse do cliente e, de fato, guiar as estratégias para conduzir esse usuário até a compra.

Bom Para Empresas e Para os Clientes

É óbvio que o que falamos acima (entender sobre os interesses dos clientes) — e outras questões mais avançadas ligadas ao Marketing Preditivo — levam ao aumento das vendas e à satisfação do cliente.

Aliás, o livro “Predictive Marketing: Easy Ways Every Marketer Can Use Customer Analytics and Big Data” (em tradução livre, “Marketing Preditivo: Formas Fáceis que Todo Profissional de Marketing Pode Usar o Customer Analytics e o Big Data”), de Omer Artun e Dominique Levin, indica o seguinte:

Que as tecnologias do Machine Learning podem ser usadas para melhorar, ao mesmo tempo, a aquisição e o crescimento do cliente.

Em outras palavras: todo mundo sai ganhando! A empresa ganha, pois melhora seus resultados. E o cliente ganha porque recebe um melhor serviço.

E a Amazon está longe de ser a única empresa que utiliza o Marketing Preditivo. Aliás, não são apenas gigantes do mercado que podem se utilizar disso.

Se você quer usar dados para guiar as estratégias da sua empresa, o Dashgoo pode te ajudar com relatórios e dashboards organizados e personalizados.

Então, agora você já sabe que pode usar análise de dados para “prever” o comportamento futuro de seus clientes e, dessa maneira, melhorar os resultados do seu negócio, certo?

E aí? Já havia pensado em usar o Marketing Preditivo a favor da sua empresa?

Conta para nós aqui nos comentários!

Mais para explorar