Como Melhorar a Taxa de Engajamento Usando a Psicologia

Como melhorar a taxa de engajamento usando a psicologia?

Bem, para atingir o público-alvo de cada conta que você administra, você precisa primeiro conhecê-lo.

Cada nicho tem o seu público específico. E é importante estar atento ao que o cliente final (o “cliente do seu cliente”) espera de você, estabelecendo com ele uma relação de proximidade e promovendo a interação.

Tendo clareza sobre o perfil e comportamento das pessoas que consomem o produto ou serviço do cliente final, você poderá traçar estratégias mais eficientes e que despertarão o interesse dessas pessoas para as marcas com as quais você trabalha.

Afinal, social media é mais sobre psicologia do que sobre tecnologia.

No texto de hoje vamos falar sobre como a psicologia e suas teorias sobre o comportamento humano podem te ajudar a entender “como funcionam” os usuários das mídias sociais e, assim, melhorar a taxa de engajamento.

Como Melhorar a Taxa de Engajamento Usando a Psicologia

Todos nós reagimos, inconscientemente, a certas coisas.

O modo pelo qual nós somos inconscientemente afetados é algo relativamente comum entre as culturas, já que essas ‘reações’ estão enraizadas profundamente nas nossas mentes.

Como as pessoas se reconhecem e se espelham nos sentimentos dos outros, a taxa de engajamento aumenta se você souber explorá-los do jeito certo!

Abaixo, algumas dicas, baseadas no texto do mestre Neil Patel, sobre o uso da psicologia para elevar o engajamento nas mídias sociais.

Como melhorar a taxa de engajamento usando a psicologia

Aumentando a Sua Prova Social

O fenômeno de prova social é aquele que leva você a seguir o que está sendo dito. Você parte do pressuposto de que as pessoas ao seu redor possuem mais conhecimento sobre uma situação e aí você segue o que elas dizem.

Muitas marcas mostram os seus números de consumidores servidos ou uma indicação de alguma celebridade para aumentar a credibilidade do local.

Para aumentar o seu engajamento nas mídias sociais, em particular, você pode usar uma frase de um grande veículo de comunicação.

Ou, você pode instalar um contador de compartilhamentos em todos os seus artigos com a opção de compartilhar em grandes plataformas de redes sociais.

Um número menor de botões de compartilhamento darão melhores resultados (muitas opções tendem a paralisar a decisão do usuário).

A inserção correta dos botões de compartilhamento pode ter um impacto significativo nos números de compartilhamentos que você recebe.

Emocionando e Contagiando

A emoção mais contagiante nas mídias sociais é a felicidade: comece com ela em seus cabeçalhos.

As pessoas compartilham todos os tipos de dores e alegrias nas redes sociais.

Entre as 4 emoções amplas (alegria, medo, tristeza e raiva) – Felicidade foi considerada como a mais contagiante em relação às outras negativas.

Estatisticamente, os posts positivos recebem uma média de 1,75 mais respostas positivas de amigos. Posts negativos provocam 1,29 mais posts negativos.

Tirando Partido da Ilusão de Frequência

Suponha que você tenha ouvido a abreviação ‘SEO’. E, de repente, começou a aparecer em todos os lugares. Por ser algo recente, você prestaria mais atenção ao assunto. Então, ele gruda na sua memória e não passará batido.

Isso é chamado de fenômeno Baader-Meinhof ou da ilusão de frequência. E não se limita apenas a aprender novas palavras, mas até mesmo às suas experiências pessoais. Se você estiver considerando comprar um Audi, você perceberá mais carros Audi nas ruas.

Como marca, você pode mostrar repetidamente a sua mensagem para clientes em potencial. Uma vez que a ilusão de frequência entrar em ação, qualquer mensagem fará com que a sua marca pareça mais familiar e isso construirá a confiança do seu espectador.

Nas mídias sociais, você pode segmentar os visitantes que abandonaram o seu site ao lançar campanhas de remarketing. Lembrando que os anúncios de remarketing no Facebook possuem 3 vezes mais engajamento do que os anúncios normais.

Explorando o FOMO

Você já teve a sensação de que os seus amigos estão se divertindo mais do que você e vivendo experiências mais gratificantes ao navegar pelas fotos deles no seu feed do Facebook?

Então, você provavelmente está sofrendo de Fear of Missing Out (FOMO), ou Medo de Ficar por Fora.

Enquanto as pessoas têm receio de perder alguma novidade ou experiência, você tem a oportunidade de explorar esse sentimento.

O FOMO é o combustível para o vício nas mídias sociais. Em um estudo da My Life, mais da metade dos usuários de mídias sociais admitiu ter medo de perder alguma novidade importante ou uma notícia. Então, eles não se distanciam dos seus feeds por muito tempo.

As marcas precisam exercitar o cuidado ao tentar alavancar o FOMO nas mídias sociais. Só faça promessas que você pode cumprir. Não manipule a sua audiência para conseguir mais cliques nos seus posts.

Um típico exemplo de uso do medo são os títulos clickbait. Frases como “faça isto…antes de morrer”, “as coisas mais importantes na sua vida”, “se você assistir a um vídeo hoje…” e outros similares tentam persuadir você por meio do medo.

Se os seus fãs no Facebook possuem um bom relacionamento com você, peça que eles para ativarem as notificações para as suas atualizações. Desse jeito, eles nunca irão perder os últimos acontecimentos da sua marca. E você ainda pode aumentar um pouco o seu alcance orgânico.

Aproveitando o Gap de Curiosidade

Humanos são curiosos por essência. Nós queremos entender como as coisas funcionam e por que elas sequer existem.

Quando você não está a par de um assunto específico e quer saber mais sobre aquilo, a falta desse conhecimento é chamado de gap de curiosidade.

Mas como você pode alavancar o gap de curiosidade dos seus posts nas mídias sociais?

Ao provocar a sua audiência com informações limitadas!

Isso aumentará o interesse e eles sentirão um desejo de preencher o espaço vazio causado pela falta de informação ao clicar no seu post de mídia social.

Assegure que você vai focar em questões que a maioria da sua audiência possui. Você pode encontrá-las ao procurar pelo seu nicho em sites de perguntas e respostas como o Quora.

Explorando o Princípio da Reciprocidade

Faça a sua audiência se sentir especial e comece a sua relação com influenciadores ao dar.

Você se sente impelido a retornar o favor de um amigo? Por exemplo, se ele te manda um presente pelo seu aniversário, você se sente influenciado a fazer o mesmo no aniversário dele?

Provavelmente.

Você não está sozinho. Esse é o princípio da reciprocidade em ação – as pessoas respondem de maneira simpática a comportamentos agradáveis.

O que isso significa para os negócios?

Tente se esforçar para fazer algo realmente agradável para a sua audiência. Faça-os se sentirem especiais com ações inesperadas de gentileza ou com a oferta de um desconto exclusivo.

Você pode usar esse princípio para se conectar efetivamente com os seus influenciadores de mídias sociais.

Compartilhe o conteúdo deles de maneira consistente e os faça saber disso (ao mencioná-los no Twitter/Google + manualmente).

Considere adicionar um comentário personalizado. O influenciador irá apreciar o tempo que você gastou para adicionar os seus insights.

Apenas peça para eles um favor (como fazer guest posting no site deles ou ter o seu conteúdo compartilhado) depois deles terem percebido uma gentileza sua.

Ativando o Senso de Pertencimento nos Seguidores

Além da necessidade de comida e abrigo, humanos também desejam serem aceitos como membros de um grupo social (grande ou pequeno). Eles querem fazer parte de algo maior do que eles mesmos. Abraham Maslow colocou o pertencimento no terceiro nível de sua hierarquia de necessidades.

Então, quais são as implicações do senso de pertencimento nas mídias sociais?

Marcas podem alavancar esse fenômeno psicológico com engajamento frequente com os seus fãs e seguidores nas mídias sociais. Se você responder questões e permanecer transparente, pode criar uma comunidade bem consistente.

Você também pode realizar pesquisas, ocasionalmente, para envolver a sua audiência e entender as suas expectativas.

Você também pode fazer uma live com a sua audiência no Facebook e no Instagram e aumentar o seu alcance orgânico.

Este texto foi baseado no artigo (completíssimo) do Neil Patel, que você pode ler acessando este link.

Conclusão

As mídias sociais são um excelente canal para ampliar o alcance de marca. Mas para obter engajamento, a mensagem delas precisa se destacar em meio à enorme quantidade de informação que é compartilhada nas redes sociais todos os dias!

Entre métricas e números, você não pode se esquecer de que existem pessoas reais do outro lado da tela.

A Psicologia é a ferramenta certa para te ajudar a entender como as suas audiências de interesse pensam 🙂

Mas não só de estratégias se faz uma boa gestão de mídias sociais: é necessário manter um acompanhamento constante para apurar os resultados da sua interação na internet!

Conte com o DashGoo para acompanhar e reportar resultados de mídia social.

Teste Grátis por até 14 dias 🙂

Qual dica de como melhorar a taxa de engajamento usando a psicologia você achou mais interessante nesse artigo?

Conte-nos abaixo nos comentários!

Compartilhe:
Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *