Como Construir um Plano de Ação Orientado por Dados

A criação de um plano de ação é uma atividade que todos os gestores em algum momento precisam fazer.

Um plano de ação segue uma metodologia definida para definir metas e objetivos, as atividades que devem ser realizadas e apontar os responsáveis por desenvolver cada uma delas.

Além disso, um plano de ação serve também para acompanhar o andamento de um projeto. Isso é importante para que se possa atingir os melhores resultados.

O desafio em fazer um plano de ação eficaz está em fazê-lo com base em informações relevantes e concretas: os seus dados.

Por isso, no post de hoje, vamos comentar sobre como elaborar um bom plano de ação orientado por dados.

Como Construir um Plano de Ação Orientado por Dados

Veja abaixo algumas boas práticas para construir o seu plano de ação de marketing orientado por dados:

Faça o Mapeamento da Jornada

Mapear a jornada do cliente é o primeiro passo no planejamento de qualquer plano de marketing bem-sucedido.

Portanto, definir sua base de clientes e colocá-los em grupos representativos com base em dados demográficos, histórico de compras e comportamentos, é um passo extremamente importante.

Nesse sentido, certifique-se de entender a jornada de compra dos clientes e identificar o que influencia nas suas decisões.

Defina as Métricas de Desempenho

Você não pode definir metas sem primeiro saber quais métricas seus executivos e equipe desejam acompanhar e por quê.

Identificar indicadores de desempenho chave (KPIs) irá ajudá-lo a analisar o desempenho do seu produto ou serviço em todas as etapas do funil.

São dados necessários para você ter visibilidade de curto prazo, médio e longo prazo no desempenho das campanhas digitais. E, também, para obter ideias de onde e como pode implementar otimizações no processo.

Considere portanto não apenas o número de leads que você obteve, mas se eles são qualificados, o tamanho de receita potencial e onde eles estão no processo de vendas.

Muitas decisões de compra não são feitas rapidamente e não são feitas por uma pessoa, por isso certifique-se de rastrear métricas que determinam o quão longe elas estão no processo de compra.

Métricas como visualizações de páginas principais, visitantes repetidos e acompanhamento de conta, ajudarão neste processo.

Revise o Rastreamento

Certifique-se de que todos os KPIs estão sendo rastreados corretamente.

Os primeiros passo do seu plano de ação foram conhecer seus dados e definir as métricas que devem ser acompanhadas e a frequência de análise.

O próximo será construir dashboards para compartilhar essas informações com eficiência.

A construção de parâmetros de rastreamento de campanha, a confirmação de metas e a definição de eventos dentro da jornada do cliente são muito importantes nesta etapa.

Certifique-se de que pode acompanhar o desempenho de forma holística em todos os canais e esforços de marketing.

Então olhe para o desempenho de canal cruzado e estabeleça um modelo de atribuição que faça sentido para a empresa.

Efetuar login em cada plataforma individualmente e tentar conectar os pontos pode ser demorado e difícil, então considere investir em uma plataforma de geração de relatórios e dashboards.

Compare Resultados e Ações

Verifique o que funcionou no passado e quais os sistemas que você possui para aprimorar seu plano de marketing para o próximo ano.

Comparar os dados rígidos ainda é um primeiro passo fundamental.

Se houver lacunas no que você rastreou no ano passado, então veja se você tem o que precisa para o próximo ano.

Defina Canais e Ações

Avalie cada canal de marketing e determine se os seus esforços retornaram seu investimento.

Um bom ponto de partida é listar todas as suas opções de canais de marketing, mesmo que você não as tenha usado antes.

Ao testar esses canais, você pode estabelecer novos padrões para usar na previsão e planejamento orçamentário para o próximo ano.

Portanto, não se deve deduzir que o que foi bem sucedido no passado funcionará no futuro.

Avalie Recursos Periodicamente

Ter o recurso certo é essencial para planejar, executar, integrar e acompanhar seus esforços no digital.

Por isso, comece por auditar o que você tem e identificar quaisquer ferramentas duplicadas. Ou seja, que servem para o mesmo fim.

Avalie com que frequência cada ferramenta é usada por sua equipe e se vale a pena mantê-las.

Em seguida, liste os recursos que faltam e pesquise os principais fornecedores.

Identifique a tecnologia que atenda às necessidades de sua empresa melhor. E , até mesmo, corte os softwares desnecessários que vocês tenham.

Conclusão

Elaborar um plano de ação orientado por dados é uma das melhores formas de separar as etapas de execução.

Assim, se obtém um estudo mais detalhado de todas as atividades necessárias para atingir um determinado objetivo.

Ficou mais claro para você como desenvolver um plano de ação orientado por dados?

Se este artigo foi útil para você ou sua agência, seria ótimo saber o que você achou!

Então deixe um comentário logo abaixo com suas percepções e compartilhe conosco sua experiência e conhecimento 😉

Ah, e não esqueça de compartilhar os posts dos DashGoo com seus colegas utilizando os botões das redes sociais! 😉

Compartilhe:
Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *