Anúncios em Podcasts – A Grande Aposta para 2020

O número de anúncios em Podcasts tem crescido exponencialmente nos últimos 2 anos.

O que advém proporção de pessoas ouvindo Podcasts, que quase dobrou nos últimos nove anos.

A conta é simples. Como o interesse em Podcasts aumentou significativamente, um número cada vez maior de anunciantes vem buscando embarcar nessa tendência.

Neste artigo vamos apresentar fatos e estatísticas deste formato de conteúdo, bem como insights sobre elas.

Essas informações embasam a possibilidade do podcast ser o formato da vez para a publicidade em 2020.

Vamos nessa?

O Crescimento dos Podcasts

O rápido avanço do uso de smartphones e outros dispositivos móveis têm contribuído para o aumento do interesse por Podcasts.

Mas o sucesso dos Podcasts certamente também está ligado ao enorme crescimento do Spotify.

Em fevereiro deste ano, o Spotify comprou a Gimlet – uma empresa de Podcasts -, numa transação estimada de 230 milhões de dólares.

Já de abril de 2017 a abril de 2018, a empresa registrou um aumento de 330% no número médio de ouvintes de podcast diários na plataforma.

Duas pesquisas sobre Podcasts, realizadas no Brasil no ano passado, também confirmam este crescimento:

A Audio.ad revelou que 25% de todos os entrevistados afirmam escutar Podcasts regularmente.

Já a Associação Brasileira de Podcasts (ABPOD) apontou, na PodPesquisa, que mais da metade de todos que ouvem Podcasts fazem isso diariamente.

Outro dado que nos chamou a atenção: de acordo com o texto do Wall Street Journal, esse crescimento se deve em grande parte ao fato de profissionais de marketing estarem cada vez mais familiarizados com o formato.

E os smart speakers (caixas de som inteligentes), como Amazon Echo e Google Home, têm contribuído para aumentar a audiência de Podcasts, tornando o investimento de publicidade mais rentável.

Anúncios em Podcasts como a Grande Aposta para 2020

Com base nas informações que apresentamos acima, há dois pontos importantes que gostaríamos de ressaltar.

1 – Podcasts tem um Público Cativo

O primeiro é que ouvintes de Podcasts costumam ser extremamente fiéis.

Geralmente as pessoas ouvem Podcasts porque têm um grande respeito e admiração pelo seu produtor.

Uma vez que que esse público confie nesses produtores de conteúdo, ele tenderá a ser bem mais receptivo às marcas que esses creators anunciarem em seus espaços.

Para as marcas, isso representa mais do que uma oportunidade extra para engajar a sua audiência.

Na verdade, toda a briga na publicidade é pela atenção das pessoas. E diferentemente das mídias sociais, os Podcasts são lugares onde as pessoas estão acostumadas a consumir conteúdos mais extensos.

Tudo o que as marcas precisavam.

2- Existem Poucos Podcasts Fora da Tecnologia 

O segundo, como se deduz do comentário do Wall Street, é que hoje, entretanto, o podcast ainda é um formato muito associado à tecnologia.

Assim, para que esta tendência se concretize e se amplie, ainda faltam algumas coisas.

A principal, para que os anúncios em Podcasts invadam de vez a publicidade, é que as marcas entendam que seus públicos, lá, precisarão ser encontrados ou construído aos poucos, e sempre em torno de assuntos relevantes.

Fora que, obviamente, comparado a outros veículos de publicidade, os números ainda são são modestos.

Nesse sentido, o crescimento dos anúncios em Podcasts em 2020, previsto por especialistas, ainda é uma aposta.

Mas o andamento das coisas não deixa muitas dúvidas quanto ao potencial do podcast estourar de vez na publicidade em 2020.

Por isso, vamos ver o que andou ocorrendo nos últimos tempos neste universo logo abaixo.

Anúncios em Podcasts em 2018 e 2019

No ano de 2018 o mundo dos anúncios em Podcasts obteve duas conquistas importantes. Foi criado o comitê de áudio digital no IAB e o formato também foi aprovado pela Secretaria de Comunicação.

Primeiro, consideremos a pesquisa da Nielsen (de 2018) já havia mostrado que propagandas feitas em Podcasts americanos geram até 4,4 vezes mais retorno para marcas em relação aos tradicionais anúncios estáticos.

Agora, vejamos os aos avanços do mercado brasileiro de áudio digital.

Avanços do Mercado Brasileiro 

Na visão de executivos da Audio.ad e Triton Digital, as projeções já eram bastante promissoras para 2019.

“ (…) Usando SmartData, conseguimos mapear regiões através de pontos de latitude e longitude ou até mesmo marcar pontos de interesse como lojas e restaurantes e impactar pessoas que passaram nestes lugares quando estiverem escutando áudio na internet. Outra importante funcionalidade adicionada é o “post-listening-attribution”.

Agora conseguimos tagear o site do cliente e identificar se a pessoa visitou o site da marca depois de escutar o áudio, mesmo o formato não tendo um click direto.

(…) aqui no Brasil isso só vai se tornar realidade mesmo depois de 2020, principalmente pois ainda não temos players como a Amazon e o próprio Google vendendo seus aparelhos localmente. Mas o que vai realmente estar no “ouvido” das pessoas são os podcasts”.

Rodrigo Tigre (sócio e diretor da Audio.ad)

“(…) Prevemos que as agências estarão focadas em aumentar seus orçamentos de publicidade para áudio digital em 2019, que incluirá live streaming tanto de rádios tradicionais quanto de pure players.

Com as agências aumentando seus investimentos em áudio digital, insights de audiência também serão um foco, ajudando a educar e a informar novas estratégias de áudio digital ”

Benjamin Masse (Managing Director, Market Development & Strategy na Triton Digital)

Além disso, a pesquisa americana Podcast Ad Revenue Study indica uma perspectiva de aumento na receita de podcast para US$ 659 milhões até 2020.

Anúncios em Podcasts Hoje

No Brasil, o B9 recentemente tornou-se “B9 Company” –  uma das maiores produtoras especializadas em podcasts do Brasil, com cerca de 20 anunciantes.

Entre estes anunciantes, estão os gigantes Google, Microsoft, Amazon e Netflix. Confira os demais anunciantes, todos grandes empresas, clicando aqui.

Aliás, no mês passado (junho/2019), o Spotify e o B9 Company também lançaram juntos um podcast diário para cobertura da copa do mundo de futebol feminino.

Recentemente, também, a Apple lançou o Podcast Analytics, uma ferramenta para oferecer ao mercado de podcasts com dados mais precisos.

Trata-se, portanto, de uma ferramenta que oferece aos produtores de conteúdo informações sobre a recepção desses conteúdos.

De acordo com esta matéria do portal B9, a ferramenta traz um dado relevante para incentivar a publicidade no podcast.

Por exemplo, um episódio tem 90% de seu conteúdo ouvido pelos usuários. E, ainda, são raras as vezes em que o consumidor não ouve os anúncios inseridos no produto.

Com isso, fica claro o impacto que uma marca pode conseguir ao desenvolver estratégias de publicidade no podcast.

Trata-se, pois, da chance de conectar uma marca às pessoas ao longo de um período de tempo mais longo.

Considerações Finais

Existem diversos motivos para começar a se planejar para investir em anúncios em Podcasts hoje mesmo.

São três as principais preocupações que uma marca deve ter antes de planejar uma campanha publicitária de podcast:

  • Encontrar o(s) podcast(s) que atraiam seu público-alvo;
  • Compreender qual o motivo da audiência consumir aqueles conteúdos e confiarem e seus produtores;
  • Adaptar o anúncio para atender aos seus objetivos neste novo ambiente, respeitando-o.

Por conseguinte, as marcas que entenderem primeiro essas boas práticas, provavelmente colherão seus resultados com anúncios em podcast primeiro 😉

Se você gostou deste artigo e se interessa por Podcasts, confira também os Top 5 Podcasts para Profissionais de Mídias Sociais.

E para ter mais tempo para dedicar ao estudo de anúncios Podcasts, você pode contar conosco.

Isso porque somos a única ferramenta de relatórios que permite agendamento de relatórios recorrentes: tudo 100% automático!

Então você configura uma vez, define a periodicidade do envio e pronto!

Isto é, sem planilhas, nem lembrete no calendário, sem desperdício de tempo 😉

Clique aqui e emita relatórios incríveis por 14 dias GRÁTIS.

Compartilhe:
Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *